Na contramão da crise

Como incorporadora mineira bateu recorde de vendas em meio à pandemia?


Isolamento social, restrições e piora na renda levaram a queda do consumo no Brasil.

Apesar desse recuo, o mercado imobiliário tem se mostrado otimista. 55% das pessoas pretendem comprar um imóvel durante os próximos meses e 43% até o final do ano, afirma a pesquisa feita pela Brain Inteligência Estratégica, referência em pesquisa e consultoria no mercado imobiliário nacional.

Prova disso é a incorporadora Menfe Empreendimentos, do interior de Minas Gerais, que no pico da pandemia no Brasil, meses de Maio e Junho, registrou recorde de vendas desde sua abertura. A empresa se destaca pelo foco em inovação, com a proposta da construção de um estilo de vida que vai além da maneira de se morar, mas também prioriza a otimização do que realmente importa para as pessoas: o tempo.

O mais recente projeto da incorporadora, chamado Collegiate Kitnets, é caracterizado por plantas modernas e compactas, que variam de 10 a 25 metros quadrados, situadas próximas às principais universidades e centros comerciais. A localização estratégica desses empreendimentos é um dos principais fatores que influenciam diretamente na economia de tempo e facilita o dia a dia dos moradores, sendo ideais para estudantes e profissionais que desenvolvem atividades individuais.

Com o primeiro empreendimento do segmento dos compactos da incorporadora,

construído em 2017, foram vendidas 50 kitnets em apenas 7 dias. Apesar do incrível resultado, esse não é o recorde da empresa. O último lançamento da Menfe, o Collegiate de Barbacena, alcançou a expressiva marca de 80 kitnets vendidas em apenas 24 horas, estabelecendo assim um novo recorde, em plena crise socioeconômica. “O que era uma simples idéia despretensiosa, para gerar uma renda com aluguéis, se tornou um produto que revolucionou o mercado imobiliário”, afirma Lucas Mendonça, diretor executivo e co-fundador da empresa.


O engenheiro civil e CEO da Menfe, Henrique Mendonça, acredita que “o sucesso é

reflexo dessa nova tendência mundial, que vem dos grandes centros urbanos cada vez mais forte para o interior. A construção civil é um dos ramos mais conservadores do mercado e esse é exatamente o nicho de oportunidades. O que era antigo está sendo reinventado”. A resposta positiva do mercado imobiliário se deve principalmente pela segurança do setor e resistência à volatilidade, além de ser um grande gerador de empregos. Das 540 empresas pesquisadas pela Brain e pela CBIC, Câmara Brasileira da Indústria da Construção, 56% fecharam vendas durante a pandemia, sendo que mais da metade das negociações tiveram início após 20 de Março, com os pontos de venda física ainda fechados.

“Em um mercado tão competitivo, não basta a cada dia fazer a diferença. A cada hora você precisa ser a diferença”, afirma João Mendonça, Diretor de Expansão da Menfe Empreendimentos. Outro ponto positivo que possibilitou a continuidade dos trabalhos foram as adaptações feitas pelas empresas. Na Menfe, por exemplo, houve a disponibilização de decorados virtuais, que permitem a visualização completa dos imóveis, dispensando assim visitas presenciais. Atendimentos online e contratos fechados de forma totalmente digital também fazem parte das mudanças, que anulam a necessidade de contato direto com os clientes.

Com todas essas ferramentas e inovações, a incorporadora segue se destacando e

atuando em busca da superação desse momento difícil, contribuindo para a geração de empregos e reestruturação da economia local.


Brenda Lima de Almeida

Jornalista

6 visualizações
  • YouTube - Black Circle
  • Tumblr - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Rua Eduardo Magalhães, 78 - Centro - São João del Rei / MG